O papel da eletricidade na produção primária

O processamento do alumínio tornou-se economicamente viável com a produção de
eletricidade em grande escala. Hoje, a energia elétrica representa cerca de 20 a 40 por cento
do custo de produção do alumínio. Pela média nacional, a produção de alumínio consome
aproximadamente 5% da eletricidade gerada nos Estados Unidos. Embora progresso contínuo
tenha sido feito ao longo dos mais de 110 anos de história de processamento de alumínio para
reduzir a quantidade de eletricidade usada, atualmente não há alternativas viáveis para o
processo Hall-Héroult.
Olhando para o futuro: melhorias na eficiência energética
A indústria do alumínio está focada em melhorar a conservação de energia na produção
primária de alumínio. Nas últimas duas décadas, a eficiência energética do processo de
produção Hall-Héroult foi melhorada em 20 por cento.
Energia Sustentável na Produção Primária
Devido à localização geográfica da maioria das instalações de fundição na América do Norte,
cerca de 70% da eletricidade consumida nas instalações de fundição vem de fontes
hidrelétricas. Essa fonte renovável de energia contribui significativamente para as metas de
eficiência ambiental estabelecidas pelo setor. Ac Coelho material de construção planaltina